quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

escrever - AMOR



Quero escrever-te  um poema
Com a luz que vejo nos teus olhos
Esventrando-me em desejos
Que se cruzam num dilema.
Quero escrever-te amor quero
Com a tinta vermelha dos meus dedos
Colada no encanto dos teus beijos
Onde escrevo todos os meus desejos
E tantos, tantos dos meus medos
Desenhando as feridas e os sonhos
Onde o amor é a força e é o tema
Daquilo que já  vivemos e amámos
Quero, quero amar-te com as letras
Estas que tu vês e que perdidas ficam
Nos desejos que do silêncio gritam
Nos sonhos que me prendem e se agitam
Quero amar-te hoje e em toda a parte
Soltando tudo quanto eu quero dar-te
Com amor e tudo mais se tiver arte
luiscoelho