domingo, 25 de abril de 2010

Madrid de 18 a 23 de Abril

Partida de Leiria no dia 18 às 08.30. Total 46 pessoas. Idade média 55 anos.
Primeira paragem na área de serviço da barragem da Aguieira e outra para o almoço na fronteira de Vilar Formoso. 

Continuámos até Salamanca. Nova paragem para visita livre à Catedral e outros monumentos ao gosto de cada um. Tempo de paragem noventa minutos. Regresso e ponto de encontro no mesmo local do desembarque.

Ninguém se perdeu, nem se atrasou e continuámos até ao Hotel Galaico em Vilallba. Localidade situada a quarenta quilómetros a  Norte de Madrid. Foram disribuídos os quartos e informada a hora do jantar - 20h30.

Depois do Jantar a maioria recolheu aos aposentos vencidos pelo cansaço da viagem. Uma paz muito singular envolveu-nos num silêncio total. Fomos acordados pelo toque do telefone na manhã seguinte.

Dia 19
Depois do pequeno almoço  saída para Segóvia. Cada um fez o seu próprio programa. Começámos por visitar a Catedral e depois o Palácio de Alcazar.
Foi marcada a hora de regresso ao mesmo local do desembarque, ali mesmo frente aos arcos do aqueduto. São 160 arcos simetricamente perfeitos.
Segóvia é uma cidade bonita, limpa e com avenidas largas.
Os Edifícios antigos estão todos primorosamente conservados e vigiados. As novas construções estão enquadradas na paisagem urbana respeitando todo o estilo arquitectónico.
.
Às 12.30 regressámos ao hotel para o almoço. Aqui como nos outros dias de visitas ninguém se perdeu nem se atrasou.

Após o almoço, tarde livre. Procurámos os transportes públicos para descobrir Madrid.
Com as indicações que nos deram na recepção do hotel seguimos para a paragem dos autocarros e pelo preço de 2.85 € fomos até à estação de Moncloa. Zona Universitária e com ligação ao metropolitano e outros transportes.

Juntámos-nos em grupos de quatro pessoas e seguimos de táxi para o museu rainha Sofia. Edifício de três pisos, todos recheados das melhores obras de pintores espanhóis e estrangeiros. 

.Quase em todas as salas havia seguranças atentos e sistemas de video-vigilância sempre activos.

Aqui os funcionários públicos, não são escorraçados pela arrogância de políticos sem respeito nem moral. Aqui todos estão atentos para que tudo funcione correctamente.
Foram largos quilómetros de pinturas expostas que nos encheram os olhos.


Regressámos ao hotel pelos mesmos meios de transportes.

Dia 20
Saída para a Granja de San Ildefonso. Importante construção de um mosteiro que em 1720 recebeu melhoramentos e foi transformado em residência de Verão dos Reis. Construção bonita e muito cuidada. Recheada de belíssimos tapetes e pinturas.

Sistema apertado de vigilância.Todas as nossas malas foram inspeccionadas. No final de cada grupo de 25 pessoas, havia dois seguranças seguindo sempre todo o grupo de sala em sala.Os jardins são de uma beleza ímpar que a todos nos encantou.

Durante a tarde voltamos para Madrid e visitámos o Museu do Prado.

Dia 21
Saída às 09h00 para a cidade de Ávila.
Fizemos o passeio turístico de comboio e ainda pudemos visitar alguns monumentos.É uma cidade bonita e quase toda dentro das muralhas do castelo. Cidade património da humanidade.
Aqui estão assinalados 34 monumentos que podem ser visitados.

Fizemos um piquenique numa das saídas da cidade e depois fomos visitar o Escorial.
Visita sem guias mas muito bem sinalizada. Os seguranças estrategicamente dispostos vigiavam todos os corredores e salas de pinturas ou mobiliário.

Regresso ao hotel no final do dia.

Dia 22
Saída no nosso autocarro para Madrid e visita panorâmica da cidade até ao Estádio Santiago Barnabeu.
Regresso por outros pontos e paragem na Praça Maior. Retirámos os nossos lanches e partímos na aventura de descobrir a cidade pelos nossos próprios meios.

Procurei fixar pontos estratégicos para não me perder. Fomos seguindo no meio de uma multidão que enchia todas as praças de vida e movimento. 
Havia polícia montada e outra a pé de modo a evitar qualquer incidente.

Percorremos dois quarteirões e deparamos-nos com o Palácio Real.
Fomos tirando fotos e admirando todo aquele movimento exterior.

Ao lado do Palácio fica a Catedral de N. Senhora de Almudena. Entrámos e ficámos encantados com tanta beleza de arte sacra. Havia música ambiente muito suave e convidativa à oração.

Visitámos toda a Igreja que tem uma forma de cruz. O altar principal situa-se no centro como um coração que dá vida a todo o corpo dos fieis que ali se encontram ou por ali passam. 

Sentámos-nos e ficámos em meditação. 

Seguimos depois na busca de novas descobertas, passando por outras ruas e praças onde havia animações, palhaços, livros e música ao vivo.

No final da tarde regressámos ao hotel dizendo adeus a tão formosa cidade.

Não conhecemos a vida nocturna de Madrid, mas se corresponder ao que vimos durante este dia será sempre maravilhoso poder passear por aquelas ruas ou descansar nas praças.


Dia 23
Regresso a Leiria logo depois do pequeno almoço. Chegada às 16 horas.

A sintese final é a seguinte:

- Foi um passeio muito bom em todos os campos e por um preço convidativo.
- 345€  duas pessoas.
 Incluía a viagem e a estadia com pensão completa e ainda as visitas acima referidas.
As tardes e as visitas que fizemos ao museu do Prado ou da Rainha Sofia foram da nossa bolsa.

A camaradagem e o cumprimento dos horários foi maravilhoso. O Motorista e a acompanhante foram bastante acessíveis e prestáveis.

Acabamos comparando o aspecto turístico português com o espanhol e renasce uma mágoa por ver os nossos monumentos abandonados e a pouca vontade de os dotar de pessoas e equipamentos que os façam renascer para contar a nossa história, promovendo em todo o ano pacotes turísticos como este que acabamos de realizar  .

Luís Coelho

PS - Não publico nenhuma foto pois gostei de tudo de igual modo. Poderemos ver todos os monumentos referidos na net.