terça-feira, 4 de maio de 2010

Escrever com o vento

Posted by PicasaFoto na Igreja de Santo António do Olivais - Coimbra

Quero escrever-te com o vento 
E a  força das minhas mãos
Coisas simples cá de dentro,
Geradas com amor no coração.
Quero escrever o que vivo e sinto
Correr-me nas veias e no pensamento
E ainda aquelas que o vento leva e eu consinto
Porque me rasgam num emaranhado labirinto.
Quero escrever as esperanças, 
Aquelas que a saudade não apagou
Porque estão vivas nestas lembranças
Que se levantam com os tempos e as mudanças.
Quero escrever as grandes alegrias
As coisas boas que vivemos e fizemos
Abraçados no amor das manhãs frias
Esquecendo a força desse mar de ventos
Que nos acorda nas areias de lamentos.
Quero escrever tudo quanto me dizias
Porque as sombras do vento são vazias.
luiscoelho