quinta-feira, 21 de abril de 2011

Sementes


Fui apenas um pensamento
Andei disperso no tempo
Crescendo de forma errante
Amei de forma constante
Fui sombra fria da noite
Rasgada a talho de foice
Fui apenas um momento
Levado na força do vento
Carregando energias
Voei para lá dos dias
Sem sombra nem sofrimento
Virei a mais bela flor
Onde vive o teu amor
Presentes do pensamento
É o amor conjugado a dois
Vividos na hora e no tempo
São doces brisas depois
Revividos num momento
Com a cor de muitos Sois 


Luíscoelho
(foto google)