quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Palavras

As palavras correm apressadas,
Confusas e desordenadas
Entopem os olhos de símbolos,
Rasos de letras e de sons.
As palavras transformam
O papel e as cores da vida
Traços, pontes, tudo se liga
Movimentos, sombras e pessoas
Num acontecer sempre novo.
Palavras minhas, palavras tuas 
Palavras perdidas em todas as ruas,
São gritos soltos esquecidos de amor
São ais de silêncio vividos com dor
E tantas alegrias cheias de esperança 
Correndo na vida, sua pista de dança. 
Palavras loucas, agressivas a mais
Palavras boas tão poucas,  pequenas demais
Luíscoelho.