quinta-feira, 27 de maio de 2010

Pesar as palavras

Pesei as palavras com os olhos
E medi-as nos passos do tempo.
Escolhi as que andam no vento
E prendi-as no pensamento.
Palavras leves, livres, universais
Palavras duras, pesadas demais,
Palavras de dor e tormentos reais,
Palavras soltas dos pensamentos, 
Sopradas sem bons sentimentos,
Onde os passos se tornam lentos
E as medidas vão ficando vazias.
Mas todos sabemos falar e cantar
Palavras belas e cheias de amor
Palavras simples sem raça nem cor
As que fazem um mundo melhor
Conquistando a concórdia e a alegria
E nos ensinam a certeza de amar.
Luíscoelho