terça-feira, 8 de setembro de 2009

desejos

O meu desejo era voar
Com asas longas e leves
Partir para longe deste amar
Que me obriga a mergulhar
Nos sentimentos que escreves.
O meu desejo era aprender
Certa forma de viver
Sem nunca me esquecer
Aquele jeito de amar
Como tu sabes fazer.
O meu desejo era cantar
Lindas canções de amor
Sem nunca poder parar
A ópera do meu clamor
E com elas te encantar.
Tantos desejos desejei
Naquele viver sem nada.
O teu amor me encantou
Para ti me fiz e me dei
Numa procura inacabada.
luiscoelho