sábado, 12 de setembro de 2009

Gostava de ver-te assim

Gostava de te falar,
Te ouvir e te amar
Cuidando tudo por bem
Me fazendo teu refém
Nas horas que o amor vem
Cruzando o nosso olhar
Sempre que se quiser
Vivendo-o em cada dia
Com amor e alegria.
Gostava de ver-te assim
Risonha, chegada a mim
Saber-te sempre feliz.
Gostava que me amasses
Me ouvisses e me falasses
Neste tempo que te dou
Neste amor que já criou
As bases desta amizade.
luiscoelho