terça-feira, 16 de março de 2010

Bater do coração

Bate, bate coração
Devagar, pausadamente
Não vives mais tempo
Correndo apressadamente
Dou-te as minhas mãos
Com carinho  e paciência
Fazendo aqueles balanços
Que não tem qualquer ciência
Afagando esse pulsar 
Amaciando essa ansiedade
Que depressa quer chegar
Sem tempo para descansar
Bate , bate coração
No meu peito a despertar
Fazendo a vida mais bela
Com amor, sempre a cantar


Se é dor há-de passar
Se for alegria há-de chegar
Se for amor vem para ficar
luiscoelho