sábado, 4 de abril de 2009

Jesus

Nestes dias em que o Sol brilha e aquece
Desejo abrir as portas do coração ao calor

Aquele que no tempo vem de Deus
Desejo que o odor da Primavera lave a angústia
E apague as feridas onde permanece a dor
Desejo que a saudade que me arrasta
E me deixa a alma contorcida de incapacidade
Me liberte os desejos e os pensamentos
Quero sentir as flores frescas me lambendo o rosto
E sentir o seu perfume embebedar-me a dor
Que me conduza ao encontro do Teu Amor
Quero abrir estas portas que me isolam

Me sofocam e desesperam esta ansiedade
Não deixando a Tua Luz pousar em nós
Nem aceitar o Teu Amor com lealdade


luiscoelho