sexta-feira, 3 de julho de 2009

EU

Olha-me...
Sou apenas eu.
Não sou mais do que aquilo
que vês em mim.
Não sou empresário,
não sou diplomata,
não sou deputado
nem sou mais
do que aquilo que sou.
Sou apenas eu...
Se te interessa que seja só eu
então, olha-me mais
e descobre-me
Procura em mim
aqulio que sou
e se descobrires que precisas de mim
e que sou importante para ti
então....
faz-me sabê-lo....
(autor desconhecido)

Nota
Ontem estive a folhear apontamentos do meu tempo de militar. Encontrei este poema e quiz postá-lo aqui pois me pareceu muito bom.