sexta-feira, 10 de julho de 2009

ler/escrever

Não sei se escrevo
Aquilo que sei dizer
Mas tambem não sei dizer
Tudo quanto sei escrever.
Escrever é vida,
É passatempo, terapia.
Escrevendo imaginamos
Aquele tempo de alegria
Sonhamos com aquilo
Que desejariamos ter
E também com as coisas
Que gostaríamos de fazer.
Neste sonho de criança
Perdida e adormecida,
Neste balouçar do tempo
Quero estar acordado
Na vida e pensamento
Quero amar as coisas boas
Agora conseguidas
Sem nunca chorar
As oportunidades perdidas.
Escrevendo lembrarei
O passado e o presente
Tantas coisas que já fiz
E aquelas que tenho em mente
Dizendo sempre o que fui
E também aquilo que sou
Ajudando quem me lê
Que o faça correctamente.

luiscoelho