sábado, 8 de agosto de 2009

Posted by Picasa

o teu olhar

Quisera eu entrar no teu olhar
Mergulhar nesse azul infinito
Beber dessa luz em chama,
Quisera eu ter força para entrar
E coragem de falar ouvindo
Tantas coisas simples e boas
Que sempre nos quiseste dar.
Quisera eu também adivinhar
As coisas que tu vês em teu olhar
Percebendo esses silêncios
Que rasgam a roupa da alma
E nos transportam lentamente
Nestes campos de pura chama
Onde nos encontramos claramente
No azul celeste do teu olhar.
luiscoelho