sábado, 22 de agosto de 2009

Posted by Picasafoto de luis coelho
Quando me acordares
Chama-me de mansinho
E deixa-me levantar devagarinho
Olhar dento dos teus olhos azuis
Sonhar esse amor sem fim
E encontrar-te assim em mim.
Quando me chamares
Não levantes a voz
Nem te afastes de nós.
Abraça-me com o teu olhar.
Deixa-me beber o teu perfume
Saborear a carícia das tuas mãos
Afagando os meus lábios de lume.
Enquanto me esperas
Senta-te junto a mim
Estende-me os braços assim
E nestes silêncios cruzados
Com os raios de Sol iluminados
Vamos acordar lentamente
Num só beijo unicamente.

luiscoelho