domingo, 16 de agosto de 2009

Emigrantes

Nestes meses de Verão
Quando nos reencontramos
E com amor recordamos
Os que temos no coração

Os trabalhos foram pesados
E as lutas foram constantes
Mas tudo isso foi antes
Nesses meses já passados

Os dias agora são calmos
Passados com os amigos
Os mais novos ou os antigos
Pois a todos recordamos

Das nossas velhas aldeias
Recordamos o bom viver
Com saudade a crescer
Naquelas simples ideias

Partimos cheios de esperança
Mas tão presos na saudade
Chorámos por tanta vaidade
Que o dinheiro sem amor cansa

Nesta vida vamos continuar
Com a força que nos dá o amor
Mas sempre cheios de vigor
Lutando para nunca parar.
luiscoelho