quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

procuro

Procuro no tempo que foge
E no vento que sopra suave
Os pensamentos perdidos
Daqueles momentos felizes.
Que sempre me recorde
Como foram belos os dias
Vividos no doce encanto
Suaves como um manto
E com tantas alegrias
Que ninguem tira nem pode.
O amor passou por nós
Marcou-nos com uma voz
Que no silêncio se faz.
Nunca ninguem se perde
Nem a ousadia se atreve
A esquecer esses dias
Tão belos são os momentos
luiscoelho