sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Quero dizer-te

Quero dizer-te as palavras certas
Dizê-las com muita suavidade
E amando-te sempre com lealdade.
Quero viver-te agora nesta vida
Saboreando a tua dor e o teu cansaço
Suportado na ternura do meu abraço.
Quero amar-te no brilho dos teus olhos
Nesse azul que parece vir dos Céus
Numa chama que nem deixa ver os meus.
Quero beijar-te nos teus lábios em flor
Deixando sempre belas palavras de amor
Aquelas que a boca vive e dá com sabor.
Quero ver-te com meus olhos de esperança
Estes que conheces do meu pensamento
Que amam perdidos sem hora nem tempo.
luiscoelho